4 cuidados ao construir uma piscina infantil

0
0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×

Construir uma piscina infantil

Uma piscina em casa requer alguns cuidados especiais quanto à manutenção e a segurança. No primeiro caso, é preciso mantê-la sempre limpa para que a água esteja nas condições ideais de higiene para o banho. Quando falamos em segurança, é preciso que ela esteja protegida para que crianças desacompanhadas ou animais de estimação não caiam na água e a situação toda acabe em um acidente.

Em muitos casos, a melhor alternativa é construir uma piscina infantil. Ela será perfeita para que as crianças se divirtam sem preocupações e consigam aproveitar a água da melhor forma possível. Se essa é a sua situação, fique ligado no texto que preparamos. Veja agora 4 cuidados ao construir uma piscina infantil.

1. Certifique-se de que ela é do tamanho adequado

Para que as crianças possam aproveitar a piscina da melhor forma, ela deve ter o tamanho adequado para os pequenos. Ou seja, deve ser rasa e não necessariamente precisa de muito espaço. Lembre-se que muitas delas ainda não sabem nadar, por isso, elas não precisam de muito espaço para dar braçadas e devem conseguir alcançar o fundo com os pés. Na realidade, o ideal é que a água chegue à cintura delas apenas.

2. Preocupe-se com o acabamento e as bordas da piscina

As crianças nunca devem brincar na piscina sem a supervisão de um adulto. Mas mesmo nessas situações, elas podem sofrer pequenos acidentes quando na água. Por isso, é importante que ao construir uma piscina infantil, você tente evitar todos os problemas possíveis. Uma dessas preocupações deve ser com o acabamento da piscina e revestimento das bordas. Azulejos quebrados provocam cortes profundos e muito graves, enquanto bordas pontudas e de cimento podem ser responsáveis por cortes feios na testa.

Construir uma piscina infantil

3. Coloque uma escada ao construir uma piscina infantil

Mesmo que a piscina seja rasa e pequena, é importante que as crianças consigam entrar e sair da água com facilidade. Por isso, ao construir uma piscina infantil, certifique-se de que o projeto contempla uma escada adequada para a idade delas. Na prática, ela pode não ser aquela escada comum de clubes, que exige o uso das mãos e dos pés. Ao invés disso, a melhor escada para as crianças seria uma com degraus grandes e corrimãos. Considere, inclusive, colocar revestimentos antiderrapantes nessas áreas.

4. Cerque a piscina e a cubra quando fora de uso

Construir uma piscina infantil é uma forma de permitir que as crianças se divirtam em um espaço adequado para suas idades e tamanhos. Entretanto, muitas delas — principalmente as menores — não têm noções de segurança, como nadar sempre com a supervisão de um adulto. Por isso, é preciso que a sua piscina seja sempre cercada e coberta com a lona. Dessa forma, mesmo que a criança decida nadar sem falar com os responsáveis, ela não terá acesso à água.

Construir uma piscina infantil definitivamente fará a alegria das crianças em casa. Mas como responsáveis por elas, é função dos adultos se certificarem de que toda a construção e o uso da piscina aconteçam dentro das normas de segurança. Por isso, faça uma piscina rasa e pequena, coloque escadas para que elas tenham acesso fácil para fora e para dentro. Também pense no revestimento mais seguro possível e cerque a piscina para os momentos que ela não estiver em uso. Com tudo isso sob controle, você poderá aproveitar a piscina com a sua família sem preocupações.

Você já pensou em como vai contar para os seus filhos que eles ganharão uma piscina de crianças? Conte nos comentários como você acha que será a reação deles.

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×