4 formas econômicas de aquecer a sua piscina

0
0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×

Imagem de uma piscina com hidromassagem.

Tomar banho de piscina é maravilhoso! Quase todas as pessoas gostam desse divertimento. E em épocas quentes, é uma das formas de lazer mais demandadas pela população. Em épocas mais frias ou mesmo durante a noite, muitas pessoas não mergulham na piscina porque a temperatura da água não é muito convidativa.

Nessas situações, é possível recorrer a alguns expedientes para deixar a temperatura mais agradável. Além disso, a água aquecida, em qualquer estação do ano, pode ser usada como terapia para tratar problemas de osteoporose ou musculares e para relaxar e aliviar dores. Veja 4 formas econômicas de aquecer sua piscina!

1. O trocador de calor com condensador de titânio

O trocador de calor SD com condensador de titânio aumenta a temperatura da água sem aumentar a conta de energia elétrica. Ela reduz o consumo de energia em até 80% em relação aos aquecedores de resistência elétrica. Em relação ao gás propano, a redução pode chegar a 75% e, considerando o gás natural, a redução pode ser de 55%.

O condensador confeccionado em titânio garante maior durabilidade ao equipamento, resistindo inclusive aos tratamentos químicos que são comuns nas piscinas. Para que não ocorra perda de calor, convém usar uma capa térmica, que evita a evaporação da água e mantém a temperatura equilibrada.

2. O trocador de calor TH horizontal 

O trocador de calor horizontal também disponível com condensador de titânio, se destaca pelo seu design extremamente sofisticado. É ideal para piscinas menores e sua instalação é muito prática, pode ser instalado na parede com um ar-condicionado. Além disso, emitem ruídos baixos quando em comparação com outros equipamentos usados para aquecer piscinas — dessa forma, fica mais garantido o sossego dos usuários. Devido ao condensador de titânio, a durabilidade do produto é alta e ele resiste a qualquer tratamento químico. 

3. O aquecimento solar

Também é possível aquecer sua piscina, usando um sistema de aquecimento solar, formado por placas coletoras. O funcionamento desse sistema é simples: as placas são instaladas no telhado da casa, a água é succionada até o coletor, onde se dá o aumento de sua temperatura quando ela entra em contato com as placas aquecidas pelo sol. O resultado é excelente, sem a necessidade de gastar energia elétrica. Com sistema especial de sobre injeção, o sistema não corre o risco de vazamentos.

Para um aumento da temperatura em 8º C, convém instalar o equivalente a 80% da área da piscina em placas (assim, se ela tiver 10 metros quadrados, o correto é instalar 8 metros quadrados de placas solares).

piscina

Para um aumento de 10º C, é preciso instalar o equivalente a 100% da área da piscina em coletores solares, ou seja, se ela tiver 10 metros quadrados, é preciso instalar 10 metros quadrados de placas solares.

Para um aumento da temperatura em 12º C, é preciso instalar o equivalente a 120% da área em placas solares — assim, se a área de lazer tiver 10 metros quadrados, é preciso instalar 12 metros quadrados de placas solares.

4. O kit de aquecimento para piscina

Nesse caso, você compra um kit completo que é formado por:

Essas são boas soluções para você ter uma piscina aquecida para os dias frios ou para praticar atividades de natureza terapêutica, como hidroginástica. Lembre se só comprar produtos com segurança de fábrica.

O que achou do artigo? Compartilhe-o nas redes sociais para que outros donos de piscinas também tenham a oportunidade de ter água aquecida sem gastar muita energia elétrica!

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×