Arquiteto projetista: conheça os principais revestimentos de piscinas para cada tipo de obra

0
0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×

arquiteto projetista

Como arquiteto projetista, é fundamental pensar em cada detalhe na hora de construir uma piscina. Além de garantir o atendimento do orçamento, do cronograma e das necessidades, há outras escolhas que ajudam a obter o resultado.

Selecionar o revestimento adequado, por exemplo, é essencial para o visual e para a utilização. A harmonização da decoração e o conforto de uso, portanto, dependem desse aspecto.

Na sequência, veja como ser um bom arquiteto projetista e conheça os tipos de revestimento para cada obra.

As pastilhas estão entre as opções mais tradicionais

Quando se fala no acabamento do visual das piscinas, é praticamente impossível não citar as pastilhas. Elas são bem tradicionais e aparecem com várias possibilidades no mercado. Por causa disso, oferecem várias alternativas de escolha para todo tipo de projeto.

Essa é uma opção adequada para obras com muitas curvas. Como as peças são menores, o recorte é mais fácil e o encaixe tem um resultado melhor. Piscinas redondas, por exemplo, ficam bem com essa proposta.

Outro ponto positivo é que é simples criar padrões e utilizar diversas cores. Feitas de vidro, garantem um toque moderno e famoso.

O revestimento cerâmico é uma opção moderna

Como arquiteto projetista, também é possível ver um número crescente de obras que aproveitam os revestimentos cerâmicos no acabamento. No caso, os azulejos são os mais famosos e oferecem uma aparência quase vintage. Em geral, funcionam melhor no fundo, pois criam padrões especiais.

No quesito cerâmica, ainda é possível utilizar porcelanatos. Como aparecem em grandes placas, trazem uma alternativa prática para as piscinas quadradas ou retas. Também garantem um efeito ultramoderno que combina com o interior da casa.

O cuidado principal consiste em selecionar peças que funcionem na umidade e que sejam antiescorregamento. Desse jeito, é possível garantir total segurança na hora de aproveitar o local.

arquiteto projetista

As pedras decorativas são uma escolha única para o arquiteto projetista

Para quem busca um visual um pouco mais rústico, vale a pena apostar no revestimento feito de pedra. É bastante usado em piscinas de alvenaria e, em geral, o material faz uma cobertura contínua desde o lado de fora.

Um dos benefícios é a grande variedade de materiais. O único inconveniente é que se trata de uma possibilidade mais cara que as outras. Ao mesmo tempo, oferece um resultado cheio de personalidade.

O vinil é um material muito versátil e funcional

Além das outras opções, o revestimento pode ser feito com vinil — comum ou do tipo 1,5. Em ambos os casos, o material é aplicado sobre uma superfície já construída, como uma estrutura de concreto. O material não necessita de outros revestimentos e nem faz sujeira.

Uma das grandes vantagens do material é que se pode usá-lo para fazer uma piscina em qualquer formato. Isso abrange as propostas para construir “prainhas”, spas ou até mesmo conjugar sua área de lazer com uma sauna. Traz a possibilidade de posteriormente renovar a piscina totalmente, apenas ao trocar o revestimento por outro mais novo e se podendo optar por um modelo com ou sem estampa.

Como a aplicação é bem fácil, consiste na opção mais barata para sugerir ao cliente. No final, é possível ter um resultado bonito, seguro e com ótimo custo-benefício. Ele une o aspecto da cerâmica e a conveniência da aplicação rápida.

Todo arquiteto projetista deve conhecer os principais revestimentos de piscinas. Ao explorar essas opções, será muito mais fácil selecionar a ideal para cada tipo de obra.

Para não ficar por fora das tendências e para oferecer o melhor aos clientes, acompanhe nosso blog e esteja sempre atualizado!

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×