Como medir e corrigir o pH da sua piscina?

0
0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×

corrigir o pH da sua piscina

A manutenção da piscina consiste em limpeza e controle de certos parâmetros. Um dos índices mais importantes, que precisam ser devidamente controlados, é o pH.

Para o proprietário, é bom saber a forma de medir e corrigir o pH da sua piscina. Se você ainda não sabe como fazer essa medição e correção, leia o post!

O que é pH?

O pH é um índice que mostra o quanto a água da piscina está ácida ou alcalina. Ele mede o nível de neutralidade, alcalinidade ou acidez de determinada solução em uma escala.

Essa escala engloba valores que vão de 0 a 14. O valor 7 é considerado neutro. O valor 0 representa a acidez máxima. O valor 14 representa a máxima alcalinidade. Valores entre 0 e 7 indicam acidez e entre 7 e 14 indicam alcalinidade.

Por que é preciso medir e corrigir o pH da sua piscina?

É muito importante medir e, caso seja necessário, corrigir o pH da sua piscina. O controle de pH permite que os usuários usufruam melhor da água, com mais conforto, sem o risco de ficar com os olhos ardendo, com cabelos danificados e problemas na pele.

Quando muito alto, o pH reduz a eficiência do cloro e a capacidade de filtração da água na areia do filtro, bem como compromete a eficiência dos trocadores de calor.

Além do mais, a água com níveis adequados de pH fica bem mais fácil de tratar.

Como medir o pH da sua piscina?

Para fazer a medição do pH na água da piscina, é preciso comprar um estojo de testes, que serve para medição tanto do pH quanto do cloro. O estojo é formado por dois reagentes que avaliam os níveis de cloro e pH (refil vermelho fenol e refil ortotolidina). Também tem um recipiente comparador, que é o tubo plástico medidor.

corrigir o pH da sua piscina

O lado direito do medidor marca o nível de pH da água (escala que vai de 6.8 a 8.2). O lado esquerdo marca o nível de cloro.

É preciso encher o medidor com água da piscina e acrescentar 5 gotas do refil vermelho fenol. Depois de pingar as 5 gotas do reagente, é necessário sacudir o tubo para que a mistura entre a água e o refil vermelho seja completa.

Depois, deve-se comparar a cor resultante com a escala que fica ao lado do tubo. A água com pH muito baixo (água ácida) costuma causar problemas como irritação nos olhos e cabelo ressecado. A água de piscina com esse pH começa a ficar esverdeada.

Quando a água no tubo apresenta-se rosada é sinal de água alcalina (“água básica”). A piscina facilmente gera espuma e, apesar de a água ficar um tanto azulada, terá uma aparência opaca.

Como corrigir o pH da sua piscina?

Identificado um nível de pH fora do normal, é preciso corrigir o pH da sua piscina. Para isso, deve-se usar o redutor de pH. O ácido clorídrico, ou ácido muriático, deve ser aplicado em concentrações que, na maioria das vezes, são de 10%.

Outro produto que pode ser aplicado é o bissulfato de sódio em pó (ácido seco), que é mais seguro que o ácido muriático.

O produto deverá ser espalhado por toda a superfície da piscina.

Para aumentar o pH, o carbonato de sódio (barrilha) é o produto mais recomendado.

Com o pH em equilíbrio, o medidor marcará a escala certa. A coloração amarronzada equivale, na escala, ao pH de 7.2 (nível adequado). Mas é possível que, com esse nível, o pH venha a baixar com a primeira chuva e a água ficará ácida. Para evitar isso, considera-se uma margem de segurança e costuma-se deixar o pH entre 7.4 e 7.6.

Viu como é fácil medir e corrigir o pH da sua piscina? Deixe seu comentário! Aproveite p encontrar tudo o que a sua piscina precisa, em nosso site.

corrigir o pH da sua piscina

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×