É possível tratar uma piscina sem cloro?

0
0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×

tratar uma piscina sem cloro

Essa pergunta pode parecer sem sentido para muitas pessoas que têm piscina em casa.

Realmente, quando se fala em tratamento de piscinas, logo vem à mente a palavra “cloro”. O cloro ainda é considerado um dos principais produtos (ou o principal) na manutenção de uma piscina.

Sendo assim, fica a dúvida sobre um tratamento eficiente sem a utilização dele.

Para responder a essa dúvida, leia o post e veja se é possível tratar uma piscina sem cloro!

O cloro pode prejudicar a saúde

Pesquisas revelam que o cloro pode causar danos à saúde: ressecamento dos cabelos e da pele, ardor nos olhos, agravamento da asma, problemas de alergia e respiração, danos ao esmalte das unhas e outras coisas.

Alguns especialistas afirmPor essa razão, vêm sendo desenvolvidos estudos para encontrar formas alternativas de tratamento — formas que não provoquem prejuízos à saúde.

Veja alguma dessas opções.am que o causador desses problemas é a cloramina, uma substância que aparece quando o cloro interage com materiais orgânicos e impurezas dentro da água.

Tratar uma piscina sem cloro através de raios ultravioletas também é eficaz

Outra recomendação para tratar uma piscina sem cloro é usar uma lâmpada que emite raios ultravioletas (radiação solar). O tratamento com raios ultravioletas consiste em um processo de desinfecção, que mantém a água protegida contra bactérias, fungos, vírus e algas de forma automática e instantânea.

É um tratamento considerado melhor que o do cloro. Mas, só será útil enquanto o equipamento estiver ligado, com a recirculação da água.

Outro ponto a considerar é que a água que, em seu processo de circulação, não passar pela lâmpada, não será desinfetada. Se existirem esporos de algas grudados às paredes da piscina, eles também não serão atingidos.tratar uma piscina sem cloro

O gerador de cloro é outra solução

Para tratar uma piscina sem cloro, o leitor poderá se perguntar que diferença há em colocar tabletes de cloro ou cloro líquido e utilizar o gerador de cloro.

Vamos, portanto, explicar como funciona o equipamento que gera cloro e as vantagens que ele proporciona em relação ao tratamento tradicional com o produto.

Para produzir cloro diretamente na piscina, o gerador utiliza sal sem iodo e oferece desinfecção de forma tão eficaz quanto o cloro que é adicionado. A partir do sal, o equipamento cria, ou gera, cloro

Mas ele possui outras vantagens. Primeiramente, a pessoa disporá de uma mini-usina de cloro em sua casa, clube ou condomínio, garantindo uma água cristalina e saudável. Em segundo lugar, utilizar o gerador é uma estratégia bem mais econômica, considerando que o preço do sal é inferior ao do cloro comum. Assim, em um tempo curto, é possível recuperar o investimento feito no equipamento.tratar uma piscina sem cloro

O gerador faz a transformação do sal em cloro na medida correta de modo que os níveis de ppm do cloro fiquem sempre dentro do ideal. Além disso, por meio do painel do equipamento, é possível saber quando é necessário adicionar mais sal.

Não é preciso armazenar cloro, nem manuseá-lo. Além disso, os problemas triviais com cloro não acontecem com o gerador, ou seja, não há problemas de irritação na pele, odor desagradável, olhos ardendo, nem roupas manchadas.

E agora? O que pensa sobre esses tratamentos alternativos? Já fez bom uso da radiação ultravioleta para tratar uma piscina sem cloro? Faça seu comentário e compartilhe suas ideias!

tratar uma piscina sem cloro

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×