Projeto de piscinas: 4 dicas para o arquiteto projetista indicar os produtos ideais aos seus clientes

0
0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×

projeto de piscinas

Na hora de realizar um projeto de piscinas, o arquiteto responsável tem que pensar em todas as etapas. Além de considerar funcionalidade, espaço e desejos dos clientes, o profissional deve fazer a indicação dos principais produtos.

Afinal, é o especialista que tem o conhecimento exigido para apontar o que é necessário ou mais indicado. Uma especificação correta garante, principalmente, que a piscina cumpra a função em sua totalidade.

A seguir, veja 4 dicas para indicar os produtos ideais no projeto de piscinas!

1. Entenda quais são as necessidades específicas

Primeiramente, todos os produtos devem atender aos pontos específicos desejados pelos clientes. Se a proposta é para uma piscina pequena em casa, o melhor é especificar filtros e bombas residenciais. Assim, os interesses são atendidos na medida certa. Se os contratantes desejam ter água aquecida, o trocador ou aquecedor deve ser incluído.

Não adianta selecionar materiais que tem as características certas, mas que não servem ao propósito desejado. Ao considerar isso, a satisfação se transforma no ponto central de toda a indicação de produtos.

2. Avalie o orçamento do cliente

Em seguida, é hora de avaliar um quesito fundamental no projeto de piscinas: o valor disponível para equipar toda a estrutura. Isso significa que é preciso considerar o orçamento do contratante, pois esse montante não deve ser estourado.

São esses limites que definem, por exemplo, o revestimento ou mesmo os materiais de iluminação. Com um total disponível um pouco menor, é preciso pensar em elementos com bom custo-benefício e que levam à economia. Somente desse jeito se torna possível terminar a construção ou reforma, de acordo com o que está no planejamento.

projeto de piscinas

3. Escolha produtos duráveis para o projeto de piscinas

Outro ponto importante é que tudo o que for selecionado tem que ter qualidade e funcionar muito bem. É isso que garante que o máximo potencial seja alcançado, o que também leva à satisfação.

Principalmente, é fundamental que os materiais sejam duráveis. Quanto melhor for esse aspecto, maior será o período em que a piscina apresentará o seu máximo potencial. A facilidade de manutenção também é importante, já que as pessoas desejam ter máxima comodidade na hora de cuidar.

4. Confira a disponibilidade de entrega

Não dá para se esquecer do aspecto prático da compra para o projeto de piscinas. Assim como há um orçamento, também há um cronograma. Na realidade, significa que existe um prazo que deve ser cumprido, o que exige que todos os materiais cheguem dentro de certo tempo.

Como arquiteto projetista, não deixe de conferir essa questão. Veja se a loja é capaz de atender à demanda, se tem os itens em pronta entrega e se eles chegarão a tempo. Inclusive, concentrar o máximo em um fornecedor garante que o processo seja concluído com menos dificuldades e sem atrasos.

Com essas dicas, a especificação do projeto de piscinas será muito mais fácil. Ao final, os clientes terão máxima satisfação, o que garante o seu sucesso profissional.

Para ficar por dentro de todas as novidades, curta a nossa página no Facebook e acompanhe as postagens!

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×