É possível eliminar micro-organismos da piscina que o cloro não é capaz?

0
0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×

vista da piscina e de uma casa

A água de sua piscina precisa estar sempre limpa para garantir a segurança dos usuários. Vivemos um intenso combate contra seres minúsculos que podem causar diferentes doenças, como as bactérias, os fungos e os vírus. Os métodos usados para evitá-los e destruí-los variam.

O cloro foi o método mais utilizado até hoje para destruir micro-organismos nocivos à saúde que podem se encontrar dentro da água. Isso porque ele reage com o hidrogênio presente na água e libera oxigênio, matando as bactérias por meio da oxidação.

Mas o uso do cloro tem alguns inconvenientes. Quando combinado com suor, urina, óleos, protetor solar, pólens, maquiagem, o cloro dá origem à cloramina, uma substância que deixa a água com cheiro forte e provoca ressecamento do cabelo, irritação da pele e dos olhos, dor de ouvido, alergias e outros problemas.

Por isso, atualmente outros métodos são estudados para tratamento da água. É sobre eles que vamos falar agora. Na verdade, alguns são usados juntamente com o uso do cloro. Vamos mostrar outras opções de tratamento que são eficazes para eliminar os micro-organismos!

Use o filtro de areia para piscina

Um dos equipamentos mais tradicionais na limpeza da piscina é o filtro de areia. Ele se responsabiliza pelo tratamento físico da água, o tratamento pesado. A água é sugada pelo dreno de fundo ou skimmer e, atravessando o encanamento, chega ao filtro. Para a movimentação da água, é necessário usar uma bomba. Dentro do filtro, a água passa pela areia, que é o agente filtrante, e é devolvida limpa.

Geralmente, o processo de limpeza demora 8 horas, mas depende do volume de água e do potencial do filtro. As piscinas maiores têm filtros cujo potencial de retenção da areia é maior. Para otimizar a capacidade de reter as partículas suspensas na água, você pode utilizar produtos conhecidos como “auxiliares de filtração”. São decantadores aplicados em baixas doses, que juntam as partículas a fim de que o filtro possa retê-las. Não se trata de uma decantação efetiva, mas ajuda a filtrar uma maior quantidade de impurezas, que facilitam a proliferação de micro-organismos.

Aplique a radiação ultravioleta

Uma opção mais moderna e muito eficaz é o tratamento com lâmpada ultravioleta. A radiação UV mata certos agentes que o cloro não consegue matar sozinho, como a giárdia, um protozoário que infecciona o intestino da pessoa e provoca diarreias e vômitos. Na verdade, esse método é eficaz contra qualquer organismo nocivo: bactérias, vírus, protozoários e até algas.

A luz ultravioleta rompe o DNA dos micro-organismos, deixando-os incapazes de se reproduzir. Outra vantagem desse método é que ele elimina a cloramina, não deixa resíduos na água, nem odor, cor ou sabor. Usando a radiação UV, você economiza com o tratamento de cloro, já que terá que usá-lo com menos recorrência.

piscina

Compre um gerador de cloro

Outra opção é o gerador de cloro à base de sal. Ele oferece algumas vantagens em relação ao tratamento convencional. Primeiramente, ele calcula a quantidade ideal de cloro necessário para manter a água sempre limpa. Quando há mais necessidade de sal, o aparelho avisa.

Além disso, o gerador de cloro oferece um ótimo custo-benefício, já que você terá uma miniusina de cloro em sua casa. Como o valor do sal é inferior ao do cloro, o payback (retorno) de seu investimento acontece em tempo relativamente curto. Lembre-se de que você economizará com a compra de cloro e ainda terá resultados efetivos, sem contraindicação. Lembrando que o sal utilizado não é o sal de cozinha e sim um sal chamado de sal mineral.

O uso do cloro ainda é necessário, mas com esses três procedimentos você reduz seu uso. O gerador de cloro, por exemplo, é um equipamento eficaz que não produz cloramina. E a radiação UV alcança micro-organismos que o cloro não consegue eliminar sozinho.

Com a adoção do filtro de areia para piscina, de um sistema de radiação ultravioleta e/ou do gerador de cloro, sua área de lazer estará muito mais bem protegida.

O que achou do post? Receba nosso conteúdo em seu e-mail periodicamente: basta assinar a nossa newsletter!

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×